Sextalhaça – Fala aí, Palhaço!

le”Não imaginava que por trás de um nariz tudo se transformava… e nada nos é cobrado, a única coisa que precisamos e ter muito A M O R ao próximo e um coração imenso para doar e receber muito carinho”

Eis aqui um dos palhaços mais porreta de bãoooo que já conheci, chegou chegando, e quando abriu a boca, ninguém acreditou que seria assim, o Dr. Marlindo já faz um sucesso e tanto, não somente por causa de sua lindeza toda, mas por gostar tanto de suas crianças que visita lá no CACCC.

O humano que move Dr. Marlindo é Leandro Muñoz, que é quase um médico de bichinhos e já é professor de Educação Física, ele adora curtir sua família, sair, cinema, bares, estar com as pessoas que ama. Quem não gosta, não é mesmo???

Leandro e seu Dr. Fizeram parte da última oficina de presentalhaços e já brilhou, se encantou com o que viu e não deixa de ir a suas visitas. Cheio de amor, é extrovertido, feliz e adora a vida, além de declarar que é o mar lindo de todos, mora em Juazeiro do Norte, mas a distancia não impede que Dotô Marlindo venha ver suas criançinhas, e olha que seu trajeto é longo, anda de jegue quase dois dias, pega um pau de arára até a rodoviária para pegar o ônibus para SunPaulo, chega aqui ainda tem uma bicicreta na casa do primo (Dr. Picorruxo), que ai sim vai até o CACCC. Uffa!!! É uma maratona e tanto.

E pra conseguir fazer todo esse percurso Dr. Marlindo precisa e adora cumeeeee, mas cume muita buxadá de bode, adora um rasta pé, e adora fazer suas paiaçada, além de tudo o seu jegue Mexerico é uma das suas principais diversões, são como irmãos.

Dá para perceber que Leandro já veio pronto para brilhar com seu Dotô, muito engraçado e gentil é Leandro, pode apostar! Apesar dele ele ainda não ter tido muito contato com seus amigos de ONG, pois agenda cheia é um problema, falta de vontade é o que não falta para cada vez mais interagir com todos.le2

Dotô Marlindo é só risada, vejam a história de como surgiu seu nome, contada por ele mesmo: “Mair menina vô conta a estoria… mainha la nim juazero quando nasci foi ate o cartóro, ela e painho e dissero pro home la que colocasse o nome mar lindoooooooooooooo… mas era o  nome mar lindo, o nome mar bonito que tivesse la num sabe… mar acho q home confundiu tudo e coloco MARLINDOOOOOOOO!!!!! eita nome bunitoooooooooooooooooo que arrumaruuuuu…” não é uma história e tanto???

O mais bonito é saber que Leandro não estava feliz em apenas ajudar as pessoas com dinheiro, ou alimentos, ele queria mais, queria vivenciar, fazer parte daquilo, fazer a diferença na vida de alguém, foi aí que o Presente veio lhe presentear e no último momento conseguiram encaixá-lo para fazer a oficina e assim ser um dos nossos, o que pra ele foi algo mágico, fantástico… E para todos nós e suas criançinhas visitadas foi melhor ainda!!!

Já em tão pouco tempo e muita intensidade o que mais marcou em Leandro até hoje foi à Casa de David, para ele foi difícil encarar aquela realidade, já que era muito fora da sua realidade, mas diz que brevemente fará uma visita lá, pois ele diz que já está mais do que na hora de enfrentar, e com certeza será maravilhoso.

Termina por me dizer que é um paiaço e um homem muito feliz por fazer parte de tudo isso: “E QUE DEUS NOS PROTEJA E NOS ILUMINE PARA QUE POSSAMOS CONTINUAR LEVANDO AMOR PARA TODOS QUE NECESSITEM…” Que assim seja sempre. Amém!!!

 Juliana Praia

Anúncios