Festival de dança Casa de David

E aconteu o Festival de Dança na Casa de David 2010

E fez muita gente balançar os esqueletos, até mesmo o Presente de Alegria que lá esteve!!!!

Um dia todo especial, com muita diversão…

Internos, familiares e convidados assistiram apresentações de diversos grupos de dança, entre eles, crianças, adolescentes, funcionários, cadeirantes idosos todo mundo mostrou que é bom no requebrado…e o PRESENTE  remexe mais que toda palhaçolandia junta…

Brincamos muito, de esconde-esconde, batata quente, vivo ou morto e voltamso a ser crianças… além de muita cantoria… a trupe do Presente estava composta por Cabralito, Godofredo, Fabiboca, Lupita, Petit, Baleia, Xuca e Jujuba.

A alegria contagiou o ambiente, tinham muitos palhacinhos mirins…que atacaram os palhaços aqui…foi uma corrida boa!!!

Mas entre podres e cansados…salvaram-se todos com a  alegria no coração e com a sensação de missão cumprida…

E até apróxima …. lálálá!!!!

Anúncios

Casa de David – A visão do coordenador

“Muito louco, loucura total”

Um lugar com festa, muita bagunça e que faz com que os sentimentos sejam aflorados. Esta é apenas uma das formas em que o coordenador das visitas na Casa de David define o ambiente vivido durante as visitas. BacanaFelipe Oliveira, conhecido de todos por Dr. Bacana, é o responsável pela nossa instituição xodó, a qual ele tem como parte de sua família.

Todos sabem as coisas maravilhosas que acontecem por lá e ele completa revelando que é um local onde o bem-estar e as emoções se multiplicam potencializando as nossas emoções, além de proporcionar inúmeras surpresas que ocorrem a cada visita. “É um lugar muito especial e lá você deve doar o seu máximo e ir quando está bem, porque as ‘crianças’ percebem quando você está legal ou não” relata.

Felipe teve que fazer uma escolha entre duas coordenadorias: a das crianças no Cristo Redentor (que é praticamente no quintal de sua casa) e entre a Casa de David (que é muito mais distante) e diz que a escolha foi sentimental. “Acho que todos esperavam que eu fosse ficar com as crianças, mas preferi a Casa de David pelas pessoas que me acolheram de uma forma muito intensa” conta ele que completa: “… lá você se doa e o pessoal é agradecido, mas se precisar da ajuda deles em algum momento, pode ter certeza que lhe darão este auxílio”.

São muitos momentos mágicos vividos com os assistidos, que é difícil escolher algum, mas Dr. Bacana lembra-se de um momento que ocorreu em sua segunda visita na Casa de David. “Estávamos eu e a Dra. Retanhola e chegamos num quarto para visitar uma menina e ela estava lá encolhida em cobertor. Durante uns dez minutos, não reagiu a nenhuma das bolhas de sabão que fizemos ou pelo barulho do pandeiro. cddQuase desistimos e antes de ir embora, cheguei perto da menina e olhei-a nos olhos e ali, tivemos um retorno e a ganhamos. Aquele olhar sincero, profundo e enxergava lá dentro da alma, só de lembrar me arrepia, começando a partir dali, interagir conosco e sorrir. Acabamos ficando mais um 15 minutos lá com ela com um sorriso de orelha a orelha!!!”

São essas peculiaridades que fazem da Casa de David uma instituição mais do que especial e aquela energia mágica citada pelo coordenador, já contagiou a todos os palhaços que já estiveram por lá e pra resumir o que significa uma visita por lá, Dr. Bacana diz o seguinte: “Aquilo tudo é muito louco, loucura total!!!”

Marcelo Mendonça

Tercalhaça -Instituição do mês – Casa de David

QUEM CUIDADSC00144

Todos que já fizeram uma visita pela Casa de David conhecem uma pessoa especial. Ela é a responsável por todo o contato entre a instituição e o Presente de Alegria.  Esse alguém tão especial é a Ghill Freitas e nos conta um pouco sobre a nossa instituição do mês e também fala um pouco sobre essa relação de ajuda mútua. Ela relata que nos dias de visita dos presentalhaços o mais importante é que as crianças ficam esperando a presença dos palhaços pois sabem que algo mágico está para acontecer: “os nossos assistidos são conduzidos ao mundo da fantasia onde somos todos iguais”.

A instituição tem uma relação muito próxima com cada palhaço, afinal, o teatro é cedido sem custos para a preparação e aperfeiçoamento das técnicas de disseminação de risadas e alegria, além do espaço ser um pedacinho da casa de cada um. Segundo a Ghill, que quando possível se produz toda e faz a visita com os presentalhaços, o orgulho do trabalho feito é mutuo: “A ONG Presente de Alegria não só faz parte da nossa família, mas atua com muito fervor em suas atividades que, além de interagir com nossos assistidos, espalha amor, bondade e alegria entre as crianças, funcionários, visitantes, enfim, suas visitas deixam rastros de contentamento por toda semana e ficam por esperar seu breve retorno”.

Sobre dificuldades que a instituição enfrenta, ela aponta manter a divulgação do trabalho feito nos meios de comunicação: “Por falta de divulgação das nossas atividades temos muita dificuldade de conseguir novos colaboradores e estabelecer um feedback mais constante com os contribuintes”. Segundo Ghill, isso reflete no número de novos voluntários, uma vez que as pessoas não ficam sabendo do trabalho que está sendo feito e que elas podem ajudar.

Além do Presente, a Casa de David possui o apoio de diversas outras ONG’s e parcerias que colaboram, cada uma à sua forma, a fazer o bem aos assistidos. Agradecendo sempre a todos, Ghill cita uma frase do conto Pequeno Príncipe: “ …Tu te tornas eternamente responsável por aquele que cativas…” sobre o significado dessas doações de carinho e amor:

Para finalizar, quando perguntamos a ela o que representa a ONG Presente de Alegria para os familiares os assistidos, ela nos conta sobre as confidências de uma mãe: “ …Quando os palhacinhos chegam as crianças ficam elétricas…É uma grande gritaria…A alegria é tanta que as vezes meu filho nem me dá atenção…fico muito emocionada em ver que estes jovens estão aqui se doando para os nossos filhos, poderiam estar saindo, passeando, curtindo suas famílias ou até mesmo fazendo algo de errado. Mas não, eles estão aqui tornando a vida das nossas crianças mais agradável, mais alegre”.

Esses jovens que ela cita é cada presentalhaço da ONG e cada um de vocês faz a diferença.  A próxima página dessa linda história da nossa relação com a Casa de David será escrita nesse próximo domingo, dia 19 de julho. Compareçam, pois a alegria nunca vai acabar!!!

Marcelo Mendonça