Sextalhaça – Fala aí, Palhaço

“ Hoje percebo um pouco além do que os sintomas do corpo… também estou me tornando capaz de reconhecer os sintomas da alma.” 

Confesso que quando a vi pela primeira vez não sabia que em uma pessoa tão pequenina cabia tanta coisa boa, acho que foi por isso que Cristiane Silva resolveu adotar Dra. Bailarina como sua palhacinha, só para viver na pontinha do pé.

         Quando sua caixinha de música toca, (que é um elefante azul!) abre um sorriso, sobe na pontinha do dedo e com toda suavidade de uma bailarina começa a saltitar e a encantar.

Sua saia rodada e suas bochechonas rosa fazem qualquer um admirar a pequena Dra. Bailarina.

         Cristiane estuda e rala muito, sou prova disso, mas também será uma das médicas mais humanizadas que já pude acompanhar nessa carreira, faz uma correria danada, mora em São Paulo e na Praia ao mesmo tempo, aonde estuda e nem vê a cor do mar.

         Bastante dorminhoca, adora ler, dançar (dá pra perceber!), conheceu o Presente pela sua faculdade e resolveu pular para dentro, não dispensou a oportunidade.

Quando fez a oficina não veio sozinha, trouxe logo de cara outro presente, seu papis que é Dr. Ferreiruxo, tão simpático quanto sua filha querida.

         Há mais ou menos um ano e meio visita o Hospital Aviccena, e garante que tem muita história pra contar, até mesmo um dia que Dra. Jujuba e Dra. Bailarina se encontram sozinhas no hospital para fazerem uma visita e como não tinham muita experiência, voltaram para casa aos prantos.

         Adora recordar do bebê que ficou fascinado pelo seu laço e ela se encantou pelo bebê, o amor foi mutuo que os dois ficaram com vontade de se agarrar, o laço e o bebê. Não! A Dra. Bailarina e o bebê.

         Sua meiguice e se jeito de criança encanta e faz os olhos de pacientes brilharem de emoção, sua vontade é tão grande que chega a transbordar, cuidado com ela, ela pode te chamar pra dançar!!!

         Ela faz questão de deixar registrado em alto e bom som que: “Depois do ONG na minha vida me tornei uma pessoa mais alegre e sensível quanto às pessoas a minha volta e ao que elas estão querendo naquele momento… não sei se sensível é a palavra correta!” Mas garanto minha querida dançante que mais correto do que a palavra é a sua atitude de amor.

Juliana Praia

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Cris
    mar 09, 2010 @ 20:49:16

    Ai q saudades de vocês… tenho certeza que vocês foram a melhor coisa q aconteceu na minha vida!!!
    Não fazem idéia de como foi muito mais gostoso cuidar dos meus pacientes usando o amor que vocês me ensinaram a transmitir. Só tenho a agradecer, por terem me dado tamanho ensinamento, tamanha oportunidade de reconhecer o coração de cada ser vivente nesse mundo.
    Beijos no coração e dança na alma.
    Amo vocês!!!

    Responder

  2. Dra Bila Bilu
    mar 10, 2010 @ 00:35:36

    Parabéns Cris…Amei ler sobre sua palhacinha!!

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: