Quartalhaça – Notícialhaça

Rir é coisa séria22-07 notici

 Há aqueles que digam que um anestésico, um antiflamatório possam melhorar algum sintomas de doenças, mas há aqueles que garantem que o riso sempre será o melhor remédio. Não há contra indicação, nem dosagem certa, pode ser a qualquer momento, a qualquer hora, quanto mais, melhor e é recomendado a todas as idades.

É mais que provado que a endorfina, substancia que liberamos através da gargalhada ajuda a anestesiar o sintoma da dor, contribui em qualquer hora, mesmo sem estarmos doente, quem é que não gosta de rir? O riso trás um sintoma de bem estar, aproxima as pessoas, ficamos felizes e transmitimos felicidade, é uma contaminação, uma epidemia que não deve jamais ser exterminada.

E como rir é muito importante, foi estabelecida uma data para celebrarmos O dia do Riso, 18 de Janeiro é considerado o Dia Internacional do Riso, algo que deve ser comemorado, pois todos sabem a importância da risada em nossas vidas.

O riso é como uma terapia, na década de 60, um jornalista americano chamado Norman Cousin, se curou de uma doença grave através do riso. Ele tinha um grande desejo de viver e decidiu nutrir seu espírito com otimismo, confiança e bom humor. Começou a assistir a filmes cômicos e proibiu qualquer pessoa de ir visitá-lo sem uma piada para contar.

A terapia do humor surtiu efeito, pois um período de dez minutos de riso aliviava sua dor o suficiente para ele conseguir dormir por duas horas. Testes clínicos também comprovaram que sua inflamação diminuía a cada sessão de riso.

Cousin escreveu sua história dez anos após sua cura e tornou-se o símbolo da terapia do riso, dando origem a pesquisas mais aprofundadas. Hoje sabemos que o riso fortifica o sistema imunológico, estimula as funções cardiovasculares. O riso deveria ser adotado como hábito ou como uma lei, que ao acordar todos deveriam sorrir, seja para você mesmo no espelho ou para quem você primeiro encontrar a sua frente.

Veja as partes do corpo que são afetadas pelo riso:

– Cérebro: o hipotálamo, centro de controle atuando na base do cérebro, libera no organismo endorfina – hormônio com propriedades analgésicas e calmantes;
– Nariz e garganta: o ar que vem dos pulmões bate nas cordas vocais que emitem sons variados. As glândulas salivares e lacrimais aceleram sua produção;
– Rosto: os músculos do rosto se contraem;
– Coração: bate mais rápido; as artérias, após terem se estreitado, se dilatam provocando sensação de bem estar;
– Tórax: os pulmões expelem enormes quantidades de ar em grande velocidade; o diafragma se move, provocando fortes contrações respiratórias, ajudando a respirar melhor;
– Ventre: os músculos abdominais se contraem com força, o que é bom para a vesícula;
– Pernas: os músculos se relaxam e a pessoa se curva de tanto rir;
– Pés: os dedos dos pés se agitam.

Juliana Praia

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Mayuí (Kiwi)
    jul 29, 2009 @ 09:48:51

    Já que rir é o melhor remédio, vamos agir preventivamente ! :O)

    Que sorriso sejam distribuídos a todos que encontrarmos e que a gente promova pelo menos uma gargalhada por dia ! Faça os outros rirem e não deixe de rir de si mesmo !

    Quem topa o desafio ???

    Beijo grande, verde e canhoto !

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: